A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO


 

Quem ainda imagina ser a meditação uma prática exclusiva de monges, está redondamente enganado. A prática do relaxamento mental usado há séculos a nível espiritual passou a ser alvo de estudos científicos que comprovam que o treinamento efetivamente modifica as áreas cerebrais.

Trocando em miúdos, a proposta da meditação é limpar a mente mais do que possível e sem perceber incríveis “insights” surgem tão miraculosamente que chegam a assustar. Provavelmente esta harmonia mágica levou a ser difundido o método, como exclusivamente espiritual.

Hoje a ciência contemporânea realça cada vez mais a importância do treinamento mental no controle do tal cortisol, principal hormônio relacionado ao estresse. O cérebro é uma coisa muito complicada, mas é nele onde todo o emocional é comandado. Tanto que o cortisol que é segregado por uma glândula nos rins, é controlado pela pituitária que fica no cérebro.

Foto: Divulgação

Está mais do que comprovado que as pessoas que praticam a meditação conseguem diminuir os níveis do cortisol e consequentemente o estresse, o grande responsável pelo desequilíbrio emocional.

Em que pese ser indicada no auxílio de tratamentos emocionais, a meditação traz tantos benefícios que a meu ver deveria ser incluído em currículos escolares desde a infância.

Que a vida lá fora é cheia de situações desagradáveis, que podem levar às doenças físicas mesmo, todo mundo sabe. Mas o que poucos têm noção é de que através sobretudo da meditação, pode-se reprogramar a maneira para absorver positivamente os fatos.

Foto: Divulgação

Afastando-se o estresse, a farmácia se distância consideravelmente. A psiconeuro-imunologia, por exemplo, chegou à conclusão de que as doenças agravadas pelo estresse são curáveis com a poderosa força do relaxamento e meditação.

Encarar este método não é fácil no início, pois estamos tão acostumados a objetivar nossos pensamentos para dirimir situações, que é difícil esvaziar a mente. Mas existem até treinamentos em vídeos que dão as dicas do aprendizado.

Cursos aos montes onde certamente valorizam com conhecimento específico o peso da meditação no corrido dia a dia podem ser encontrados. O importante é entrar em contato com a milenar prática e comprovar pessoalmente o quanto a vida torna-se muito mais fácil e mágica com a prática constante da meditação.

Para que esperar usar o método para recuperar a saúde? A sabedoria está em aprender a meditar e prevenir-se dos males físicos provocados pelo emocional.

 


Autor: Ana Boucinhas

Compartilhe Esse Post Em

2 Comentários

  1. Queria muito aprender como meditar, as vezes não consigo desligar a minha mente.

    • É questão de treino. Tem técnicas que ajudam a relaxar a mente no inicio, depois sozinha a pessoa consegue esvaziar a mente sempre que quiser.

Envie um Comentário