Benefícios do pólen

Atualizado: Fev 5

As abelhas, em sua alimentação diária, necessitam de mel e pólen. A energia despendida em seus trabalhos incessantes é reposta com o consumo do mel e suas necessidades proteicas, com o pólen.

O pólen é coletado das flores e possui altíssimos teores de vitaminas (B1, B2, B6, B12, A, P, e K), aminoácidos, globulinas, enzimas, carboidratos e minerais. O pólen tem em média vinte vezes mais caroteno (provitamina A) que a principal fonte natural que é a cenoura. É riquíssima também em rutina, a vitamina P.

Foto: Divulgação


Está comprovada a eficiência do mel com pólen no tratamento da ansiedade e problemas com o sistema endócrino e nervoso. É eficaz  em casos de colite e constipação crônica, sendo usado no tratamento da anemia perniciosa, baixa de pressão sanguínea e também como auxiliar no aumento de hemoglobina e eritrócitos no sangue.

Possui efeitos profiláticos no tratamento de adenomas e inflamações da próstata, sendo recomendado, para homens com mais de cinquenta anos, o consumo regular de quinze gramas de pólen diário, como preventivo.

Sendo estimulador do sistema biológico, atribui-se ao pólen um efeito rejuvenescedor. Na infância, o pólen auxiliaria na assimilação dos estudos por aumentar a capacidade mental. Recomenda-se, em princípio, uma dose diária de uma colher de sopa, reduzindo-se a quantidade à metade, no caso de crianças.

O pólen pode ser consumido puro ou misturado com mel ou qualquer alimento. Deve ser mantido em vidros hermeticamente fechados, para que se conservem por longos períodos. Essas informações foram fornecidas pela Associação Paulista de Apicultores e Criadores de abelhas melificas europeias, o que lhes confere a devida credibilidade, estando esta entidade disponível para maiores informações, caso os leitores do portal Amantes da Vida queiram dados suplementares.

Foto: Divulgação


#Saúde

5 visualizações

Fique por dentro das novidades

© 2020 Amantes da Vida - Todos os direitos reservados