Fique por dentro das novidades

© 2020 Amantes da Vida - Todos os direitos reservados

O bairro mais descolado de Miami

Atualizado: Fev 5

MURAIS GRAFITADOS NAS RUAS, GALERIAS DE ARTE CHARMOSAS E CAFÉS ACONCHEGANTES TRANSFORMARAM WYNWOOD NUM EXEMPLO DE REVITALIZAÇÃO URBANA


Sob o olhar do tremendo empreendedor americano Tony Goldmam, um bairro em Miami, cuja vocação estava destinada ao declínio total, tornou-se um dos espaços mais charmosos no famoso paraíso das compras.





Wynwood não passava de um bairro que abrigava imigrantes. Cubanos, porto riquenhos, haitianos e colombianos dividiam o espaço com fábricas têxteis. Lá por 1970, a coisa degringolou de vez, pois o tráfico de drogas rolava direto .

Em 1987, um grupo do South Florida Art Center resolveu sair de Coconut Grove e, na maior ousadia, comprou um prédio na região e montou o mais conhecido atelier da Flórida – O Bakehouse.

O movimento não passou despercebido por aquele que já tinha revitalizado o Ocean Drive e o Soho . Quietinho quietinho, Goldman comprou um monte de imóveis no mesmo ano. Foi dando tratos à bolas para  saber como conseguir aproveitar as paredes sem janelas dos seus depósitos e galpões industriais para serem colocadas telas gigantes. Sua meta era transformar aquele pedaço de Miami em uma tremenda galeria a céu aberto.


Bolou a Wynwood Walls, onde os espaços enormes foram cedidos a grafiteiros renomados para exercerem a criatividade. Acelerou as tintas, para que a inauguração acontecesse junto com a já famosa feira de arte contemporânea Art Basel em 2009.

Era o ponta pé inicial para que em dois tempos fosse transformado o decadente espaço no local mais charmoso de Miami. Bares transados, restaurantes charmosos, galerias pra lá de interessantes, bares e cafés são o point dos antenados de bom gosto.

De uns anos para cá, na Wynwood Arts District, artistas disputam espaços e a NW 2nd Ave tornou-se um super atrativo polo turístico. Para dinamizar cada vez mais a onda que veio para ficar, todos os segundos sábados do mês rola a Wynwood Art Walk – uma já famosa feira, onde produtos de designers são colocados à venda, artistas fazem vernissages e músicos se apresentam ao vivo no maior clima festivo.

Vale o passeio!


Ana Boucinhas

Imagem: Divulgação.


#Dicas #Viagens #ArteeCultura #Turismo #Entretenimento

0 visualização